Mesmo quase no fim do dia resolvi deixar essa música que acho meio tema da questão negra brasileira. Querendo ou não me lembra da minha mãe, meu pai, minha família. Daquela alegria tipicamente brasileira de viver. Mas mesmo assim, sempre é bom lembrar que o importante é o respeito. Acredito no respeito e na educação mais do que muita coisa na vida, independente de credo, raça ou gênero.

E como eu já disse hoje, ” Eu sou é Sarará Criola, meu bem”!

 

Anúncios